Mais sobre D.A.

E lá vou eu de novo falar sobre esse assunto. Já falei algumas vezes sobre plágio e Direitos Autorais (DA) aquiaqui e compartilhei um excelente texto da Sandra aqui, além de outras mais. Também “desopilei o fígado” sobre o assunto aqui. Para alguns (os fidaputinhas descarados) é um assunto chato e, muito provavelmente, nem lerão este post. Mas para aqueles sérios e éticos, é um assunto mais que pertinente, especialmente aqueles que, como eu, sofrem com a cara de pau de muita gente por aí que vem aqui em meu blog, copiam partes ou textos completos e não citam a fonte, quiçá ao menos um “muito obrigado, seu trouxa, por me poupar tempo em pesquisa e me entregar o que eu precisava aqui, prontinho”.

Bom, esclarecendo uma coisinha: quando disponibilizei aqui o modelo de contrato nem de longe quis dizer que TODO o conteúdo deste blog está disponibilizado e livre do Direito Autoral. Aquele modelo de contrato eu disponibilizei pois sei que esta é uma da maiores dificuldades para os egressos: elaborar um contrato decente para poder trabalhar com segurança. Os profissionais e acadêmicos que o copiam, tudo bem, sem problema algum pois como eu escrevi no post: está disponibilizado, livre para o uso de vocês. Mas, a partir do momento em que vejo professores distribuindo aquele contrato (sem alterar um “A” sequer) como se fosse material de sua autoria ou de sua produção acadêmica, aí já se torna uma puta falta de respeito não só comigo, mas também com seus alunos e com a instituição que lhe emprega. Mostra claramente o nível de respeito com o qual leva a sua profissão.

Bom, então lá vou eu de novo compartilhar mais um excelente texto, de outra blogueira (Nospheratt). Pela qualidade de seu blog (Blosque – blogando com a alma) eu já imaginava que ela também sofria com esse problema e não me surpreendi ao encontrar em seu blog um texto falando sobre.

Plágio e Direitos de Autor nos Blogs – Legislação Aplicável

Mais desenhado, para os idiotas que não entendem o que lêem, impossível. Mais explícito, para os FDP que copiam descaradamente e sem permissão, impossível.

foto: via PortalMidia.net

Tá dado o recado. Depois não digam que eu não avisei. Estou preparando uma lista (feita através de uma exaustiva pesquisa) onde colocarei TODOS os que me copiam e não citam a fonte (roubam a autoria). Além da ridicularização na web (sim, espalharei através deste blog e de todas as outras formas possíveis de comunicação os nomes e links) preparem-se pois meu advogado está recebendo cada link que encontro e preparando ações deliciosamente indenizatórias.

#FicaDica

fidaputinhas descarados

Estava preparando um post sobre Direito Autoral e coincidentemente a Elenara me mandou uma mensagem no facebook me alertando para o uso de textos meus sem a devida citação de fonte por diversos sites e blogs.

Dando uma vasculhada rápida no Google fiquei de cara com a falta de respeito e de ética dessas pessoas que chamo-os de “fidaputinhas”. Safados, canalhas, sem vergonha, ladrões e tudo mais do gênero cabem aqui para denomina-los.

São estudantes e profissionais que na maior cara de pau copiam textos completos ou partes de textos e colocam em seus sites, blogues e trabalhos acadêmicos como se fossem de sua autoria.

A parte que fiz a pesquisa faz parte do post Tudo que você precisa saber sobre Design de Interiores e Ambientes… e que não tinha a quem ou vergonha de perguntar. *

“Design de Interiores é uma evolução técnica e estética da Decoração. Com a necessidade urbana de espaços cada vez mais detalhados e personificados aliado aos avanços tecnológicos em equipamentos, materiais e uso destes espaços, o profissional de decoração foi ficando para trás por não ter competência, conhecimentos e nem habilidade técnica para projetar. “

Copiem e coloquem no Google esse trecho e verão que maravilha. É um show de falta de vergonha na cara, de falta de ética e de profissionalismo e, principalmente, de respeito.

Até trabalho acadêmico final da ESDI eu encontrei usando meu texto. Percebe-se que a IES sofre com a idiotice de alguns professores que são incapazes (ou tem preguiça mesmo) de pesquisar para avaliar os trabalhos e acabam sendo levados no bico pelos alunos. Esse especialmente terei o maior prazer em enviar uma mensagem ao Freddy Van Camp relatando o ocorrido e quero o diploma dessa pulha cancelado.

Como se vê, mais que regulamentação, nossa área precisa urgentemente de professores sérios que formem profissionais sérios. O oba-oba que está o mercado começa em casa (na formação recebida dos pais) passa pela academia e seus professores aloprados e alienados e morre no mercado onde se vende um produto que não é seu.

Fiquem espertos seus fidaputinhas, meu advogado já está na rua… e ele adora foder com gente safada e sem vergonha como vocês.

OBS: aos sites e blogues sérios que aparecem na busca e que citam corretamente a fonte, o meu muito obrigado pela consideração.