Sobre a praça citada no post Cidade Limpa

O Marcel do blog Janela Londrinense me mandou um link com um post que ele fez em 2010 falando sobre esta praça. Apesar de ser popularmente conhecida como “praça da bandeira”, na verdade chama-se Praça Mal. Floriano Peixoto.

“Chupei” de lá estas duas fotos que mostram a praça:

 

foto: Yutaka Yasunaka

foto: Yutaka Yasunaka

Perceberam como – bem destacado pelo Marcel – a forma não tem nada a ver com a tal bandeira, salvo uma similaridade?

E também Marcel, agora você já sabe quem desenhou e quem construiu a tal praça ;-)

Mas o que me levou a fazer este novo post – claro, além de mostrá-la a vocês o mais próximo do original possível – é destacar a antiga catedral de Londrina.

Olhem a maravilha que tínhamos aqui em nossa cidade:

 

foto: Yutaka Yasunaka

foto: Yutaka Yasunaka

foto: Yutaka Yasunaka

Pois é, linda, majestosa, imponente.

Sua inauguração aconteceu no dia 24 de outubro de 1943, ainda sem o forro. Somente em fevereiro de 1945 a Igreja foi rebocada e as duas torres ficaram prontas em 1949.

Em junho de 1968, a Igreja Matriz antiga, de material, começa a ser totalmente demolida. Em nome da “evolução”, da modernização e sob a alegação de que precisavam de mais espaço para os frequentadores da igreja, simplesmente derrubaram este patrimônio histórico para a construção disso:

Uma cópia estúpida da forma – que provavelmente estava na moda – de outras tantas existentes por aí. Só em Maringá, que eu sei, existem 4 assim. Lamentável.

Lamentável também ter de engolir os absurdos argumentos, especialmente o acima sobre “espaço” quando vemos santuários com igrejas menores que a antiga catedral de Londrina recebendo milhares de devotos sem terem derrubado sequer um único tijolo das paredes.

Pelo contrário, para conseguir atender a todos, eles simplesmente multiplicam as missas, abrindo mais horários.

Mas aqui em Londrina é assim. Seja por parte da administração pública ou da própria sociedade, o desrespeito à história beira a crueldade e tem seus pés fincados na mais absoluta falta de bom senso.

Desculpem mas faz tempo que eu precisava desabafar sobre isso.

600.000 acessos!!!

UH-LA-LÁÁÁÁÁ

Caramba, este blog já ultrapassou os 600.000 acessos! Na verdade, neste exato momento contamos com 610.322 acessos!

Valeu gente pela confiança, carinho, respeito e interesse com que encaram o meu trabalho.

De coração sinto-me emocionado e ao mesmo tempo isso aumenta a minha ansiedade.

Emocionado porque em tão pouco tempo de existência, este blog tem se tornado uma referência dentro de minhas áreas de atuação o que me faz lembrar de uma passagem de minha vida que gostaria de compartilhar com vocês:

Ha pouco mais de 10 anos atras, passei por um momento complicadíssimo em minha vida. Foi quando me converti ou melhor, voltei a trilhar nos caminhos do Senhor.

Dentre tantas conversas e orações, um dos pastores com quem tive um único momento – que fui levado pela minha irmã Pollyana – me fez uma revelação: “Eu te vejo sentado em uma mesa sendo responsável por direcionar a vida de milhares de pessoas, especialmente os mais jovens”.

De imediato pensei em duas opções e dei risada até mesmo porque nunca me dei muito bem com esse lance de revelações e tal:

1 – algum trabalho burocrático por causa do “atras da mesa” – coisa que eu não suporto nem pensar sobre

e

2 – atuando em algum ministério com jovens – o que sinceramente não me agradava nem um pouco a ideia.

Pois bem, hoje estoou eu aqui, com este blog que nasceu não de uma vontade minha mas sim de uma solicitação de muitos amigos e colegas profissionais realizando este trabalho. Levando cultura, conhecimento, curiosidades, compartilhando percalços e vitorias profissionais entre tantas coisas mais com vocês, meus leitores.

Um trabalho que ultimamente eu não tenho levado tão a sério hora por falta de tempo, hora por preguiça e hora por algum outro motivo mas que, agora que me caiu esta ficha vou obedecer!

Estava aqui pensando em como agradecer a vocês por todo este apoio e carinho e só me veio em mente utilizar uma de minhas grandes paixões que é a música. Então uno aqui duas grandes paixões de minha vida: música e Deus para agradecer-lhes com uma apresentação do, na minha concepção e entendimento, melhor coro gospel que existe:

The Brooklin Tabernacle Choir cantando Thou, Oh Lord

Infelizmente os vídeos deles são bloqueados e não consigo coloca-los aqui, então está aí o link ou se quiser, coloquei-o no gadget do VodPod ali em cima, à direita, bem abaixo do meu logotipo.

Confesso que me emocionei agora constatando isso e as lágrimas rolaram aqui rsrs. Mas sabemos que são lágrimas de alegria, de felicidade e paz plenas pois sei que minha vida está nas mãos d’Ele. E dali ninguém nem nada a tira. Nada me atinge.

Assim, encerro este post mais uma vez agradecendo a vocês por todo este apoio durante estes pouco mais de 3 anos de blog e especialmente a Deus por me fazer capaz de realizar este trabalho com seriedade e integridade moral e ética.

Valeu gente!

Valeu meu Senhor!