Alguns vídeos interessantes

Dias atras conversando com uma amiga minha, ela me relatou o problema de uma cliente: um pano de vidro enorme na sala que não sabia como resolver pois a familia reclamava demais daquilo pois tornava a sala totalmente sem condições de ser utilizada durante a tarde toda.

Conversamos, trocamos alguma idéias e, já que o cliente tem $$ para investir, encontrei este produto aqui que vou indicar a ela:

Fantástico para quem tem grandes áreas totalmente fechadas em vidro.

Gosto demais dessas tecnologias todas, especialmente aquelas que favorecem mudar o que se vê, tornando uma fachada em algo inesperado e surpreendente.

Já postei aqui ha algum tempo o da Flare Facade que também gostei demais.

Mas olhando outros vídeos no youtube, encontrei algumas coisas legais:

Aperture é um painel usado em instalações artísticas. Mas dependendo do cliente, especialmente os institucionais e comerciais, pode-se aproveitar esta tecnologia interativa num projeto. Fiquei imaginando isso em RGB…

Olhem que interessante a aplicação dos coolers de computadores nesta instalação.

Olhem só que delícia de brincadeira. Não te lembrou daqueles dias de outono que caminhamos pelas ruas com as folhas voando sobre o chão numa deliciosa dança?

Por falar em voar e leveza, vejam isso:

Impressionante como um simples pedaço de pano e alguns ventiladores podem gerar uma instalação tão bela e poética!

Isso me faz pensar sobre as nossas cidades e como a falta dessa poesia, beleza, do lúdico afetam seriamente a nossa vida cotidiana. Por exemplo, aqui em Londrina temos dois lagos belíssimos e não se vê vontade alguma em fazer algo que ajude a implementar o turismo embelezando estas duas áreas. Quem me dera tivéssemos administradores públicos com boa vontade e, principalmente bom gosto:

Perceberam que isso tudo aí é água?

Pois é, semaninha começando e eu continuo queimando a cabeça com várias coisas ahahah então tou normal.

Abraços e até o próximo post!

William Pye – esculturas em água

O Rodrigo Barba postou em seu blog algumas imagens de trabalhos do William Pye e fui até o site do mesmo para observar.

Como sempre o Rodrigo Barba consegue uns achados mais que interessantes.

Como adoro a água, logo comecei a deliciar-me com as imagens dos trabalhos do Pye. Além de brincar com as formas e estruturas, ele também brinca com a água em seu volume, brilho/reflexos e plasticidade.

Seja parada, escorrendo, respingando, esguichada ou simplesmente deslizando sobre uma ou várias superfícies, os trabalhos são sempre belos e com um senso estético apuradíssimo.

Como eu gostaria de ver coisas deste tipo aqui pelo Brasil…

Design como profissão

Existem controvérsia a respeito de que tipos de atividades poderiam ser consideradas design. O design está intimamente ligado às artes aplicadas, à arquitetura, à área de comunicação, à engenharia, e a todo tipo de atividade produtiva humana, mas especificar quais são essas relações pode ser muito difícil. Existem diversas possibilidades de cursos de pós-graduação em lato senso e stricto senso e especialização.

Dentre as especializações do design mais comuns na atualidade se encontram:

Design Gráfico
  Design de fontes
  Design editorial
  Design institucional
  Design de embalagem
  Design de hipermídia
  Webdesign
  Design de jogos
Design de Produto
  Design automobilístico
  Design de embalagem
  Design de mobiliário
Design de Moda
  Design de jóias
Design de Ambientes
  Design de interiores
  Light Design

Entre as profissões que são relacionadas ao design, estão inclusas arquitetura, artes-plásticas, engenharia, publicidade, marketing, e outros.

Hoje, uma enorme variedade de profissões passaram a ser identificadas com a expressão “designer”, quase sempre de forma errônea, algumas delas são: cake designer (para confeiteiro), hair designer (para cabeleireiro), body designer (para tatuador).

Fonte: Wikipédia
Sugado: http://nossobrasil.wordpress.com