Alguns vídeos interessantes

Dias atras conversando com uma amiga minha, ela me relatou o problema de uma cliente: um pano de vidro enorme na sala que não sabia como resolver pois a familia reclamava demais daquilo pois tornava a sala totalmente sem condições de ser utilizada durante a tarde toda.

Conversamos, trocamos alguma idéias e, já que o cliente tem $$ para investir, encontrei este produto aqui que vou indicar a ela:

Fantástico para quem tem grandes áreas totalmente fechadas em vidro.

Gosto demais dessas tecnologias todas, especialmente aquelas que favorecem mudar o que se vê, tornando uma fachada em algo inesperado e surpreendente.

Já postei aqui ha algum tempo o da Flare Facade que também gostei demais.

Mas olhando outros vídeos no youtube, encontrei algumas coisas legais:

Aperture é um painel usado em instalações artísticas. Mas dependendo do cliente, especialmente os institucionais e comerciais, pode-se aproveitar esta tecnologia interativa num projeto. Fiquei imaginando isso em RGB…

Olhem que interessante a aplicação dos coolers de computadores nesta instalação.

Olhem só que delícia de brincadeira. Não te lembrou daqueles dias de outono que caminhamos pelas ruas com as folhas voando sobre o chão numa deliciosa dança?

Por falar em voar e leveza, vejam isso:

Impressionante como um simples pedaço de pano e alguns ventiladores podem gerar uma instalação tão bela e poética!

Isso me faz pensar sobre as nossas cidades e como a falta dessa poesia, beleza, do lúdico afetam seriamente a nossa vida cotidiana. Por exemplo, aqui em Londrina temos dois lagos belíssimos e não se vê vontade alguma em fazer algo que ajude a implementar o turismo embelezando estas duas áreas. Quem me dera tivéssemos administradores públicos com boa vontade e, principalmente bom gosto:

Perceberam que isso tudo aí é água?

Pois é, semaninha começando e eu continuo queimando a cabeça com várias coisas ahahah então tou normal.

Abraços e até o próximo post!

Admirável pureza das linhas

Um belíssimo projeto onde a pureza das linhas é levado ao extremo. De autoria do trio Matija Bevk, Vasa Perović e Uršula Oitzl.

Leveza e suavidade.

O site deste escritório de arquitetura e design vale a pena ser visitado pois é um show de imagens dos projetos por eles executados. Outro exemplo é esta Casa do Estudante, bem diferente do que vemos normalmente aqui pelo Brasil:

 

A insustentável leveza da prateleira

Cansado de prateleiras que ocupam espaço e saem de moda de um dia para o outro? Problemas com livros que se empilham em todo lugar de forma desordenada?

Uma das coisas que me incomodam esteticamente em prateleiras são a falta de gosto nas estruturas.

Elas poluem demais a parede e não têm leveza. Eu poderia em muitos casos chamá-las de grosseiras, em outros grotescas.

Mesmo as ditas prateleiras invisíveis tem as tábuas tão grossas que, apesar de não mostrar armação alguma, parecem um banco de praça alojado na parede, sem delicadeza alguma.

Podemos resumir toda esta conversa em uma única e singela realidade:

Prateleiras são uma eterna guerra na plástica do lar!

Mas agora seus problemas terminaram! O centro tecnológico do Reino Selvagem e o Cel. Von Lehmann orgulhosamente apresentam a super prateleira invisível – ideal para quem não quer ter a estética de seus livros apagada por um pedaço de mobília.

Passo a passo: http://www.reinoselvagem.com.br/a-insustentavel-leveza-da-prateleira/