#FériasLume #ComeçoRosa

Olá pessoal, faz algum tempo que não posto aqui no blog por causa da correria. Mas tenho algumas novidades. e irei postando aos poucos.

logo LUME

Bom, para começar informo que entrei num período de férias como colunista da Revista Lume Arquitetura.

Parece que não foi nada, mas foram quatro anos escrevendo a coluna Luz e Design em Foco. Foram quatro anos onde algumas vezes eduquei e outras apontei sem medo os problemas do ensino e, principalmente, do exercício profissional que vem sendo cerceado de maneira baixa pelo CAU, descortinando as ações insanas desse grupo contra os profissionais não arquitetos. Foram quatro anos de aprendizado!

E foram quatro anos de convivência com essa família linda que é formada por pessoas maravilhosas e que me acolheram com tanto carinho e confiança.

Isso não quer dizer que não escreverei mais para a revista. Apenas a coluna está em férias, mas vez ou outra vocês encontrarão textos meus na mesma.

A parceria continua a mesma de sempre!

POCC_222 Oct. 17 16.17

Como não consigo ficar parado, fui convidado pela minha prima Lênia Luz (olha o sobrenome rsrsr) para escrever para o blog dela: o Empreendedorismo Rosa. Apesar de ser tudo rosa e o início ter sido voltado para as mulheres empreendedoras, hoje TOD@S e TODAS as cores são bem vindos ao espaço.

Você é empreendedor ou tem vontade de ser? Passa por lá, leia o conteúdo publicado por diversos proseadores e participe.

Sobre o que irei escrever? Não sei. Só sei que será sobre Design.

Primeiramente irei me apresentar e escrever genericamente sobre o Design. Tem alguma dúvida? É só mandar. Pode virar um belo post por lá! Compartilhar conhecimento sempre!

São ciclos que se encerram, ciclos que são pausados e ciclos que se iniciam. A vida é assim!

Ainda bem senão ficaria tudo tão monótono, e eu adoro um desafio.

Nos vemos então aqui e lá!

Chegando com muitas novidades – I – Iguape SP

Bom pessoal, cheguei ontem de minhas férias (virei sapo de tanta chuva) e tenho bastante novidades para vocês.

Vou posta-las divididas por assunto pois tem muita coisa legal, mas também muitos assuntos sérios que envolvem a nossa profissão.

Para começar então 2011 com o pé direito gostaria de compartilhar com vocês uma de minhas viagens: Iguape-SP.

Iguape é uma cidadezinha deliciosamente bucólica com uma arquitetura de cair o queixo pela beleza e importância histórica, tanto que é tombada como patrimônio histórico, cultural e paisagístico nacional.

Iguape localiza-se na Estação Ecológica Juréia-Itatins, daí a sua importância como patrimônio paisagístico.

Além das belezas naturais, possui atrativos culturais, históricos e religiosos. Fundada em 1538, encontrou no passado sustentação econômica nos ciclos do ouro e do arroz, período em que foram construídos os casarões coloniais, hoje tombados como patrimônio nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Oficialmente fundada em 3 de dezembro de 1538, data em que é comemorado o seu aniversário, Iguape era em 1577 a Freguesia de Nossa Senhora das Neves de Iguape, que se transformou em Vila em 1635. Em 3 de abril de 1849, a antiga Vila chega à categoria de cidade com o nome de Bom Jesus da Ribeira de Iguape, mudado para Bom Jesus de Iguape em 1850, e, mais tarde, simplificado para Iguape, atingindo em 30 de março de 1858 a categoria de Comarca.

Sucessivas pesquisas realizadas na região comprovam sinais de ocupação antes do contato com os europeus.Iguape possui um grande número de sítios arqueológicos. Hoje estão cadastrados cerca de 140 sítios, datados de milhares de anos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Como podem ver, visitar Iguape é ter acesso a uma “baita” aula de história nacional.

Tem também a Igreja Matriz que leva anualmente milhares de romeiros a festejarem o Bom Jesus de Iguape, uma das mais antigas e tradicionais festas católica do Brasil.

É uma pena que as principais imagens originais tenham sido removidas para o Vaticano.

A igreja precisa de uma restauração urgente pois alguns pontos estão com sérios problemas e muitos afrescos, pinturas e estruturas estão sofrendo com infiltrações e corrosão.

O que eu realmente amei de paixão foi a edificação da imagem abaixo. Nela funcionou o Consulado Francês no Brasil. Uma pena que estava fechado e não pude entrar para fotografar.

Outro ponto que vale muito a pena em Iguape é a natureza e as belas praias. Além de Ilha Comprida, tem um lugarzinho chamado Barra da Ribeira que é simplesmente delicioso. Praia do jeito que eu gosto: vazia, limpa, sossegada.

E olhem que belezura essa casinha de frente pro mar:

Não dá vontade de ficar lá, e ficar, e ficar, e ficar… (?)

Bom, no meu perfil no facebook tem mais fotos de minhas férias e de Iguape. Espero que gostem e, principalmente, vão até lá para conhecer assim que possível. Vale a pena.

Para quem quiser conhecer mais sobre a cidade é só acessar o site da prefeitura.

Também tem este PDF disponível com a história completa da cidade e região que vale a pena ler.

*As partes em itálico do texto foram retiradas deste PDF.

Voltando das férias

Olá meus leitores e amigos, estou voltando das merecidas férias… e que férias…

Aconteceu de tudo um pouco (vou tentar ser breve):

1 – na ida pra São Paulo meu carro quebrou na rod. Castelo Branco às 2:30h da madruga. Além do estresse e do medo de assalto, a concessinária SPvias guinchou meu carro até um posto na entrada de Iaras e nos desovou ali no melhor estilo “se vira”. Carro lotado de bagagem, minhas duas cachorras e um dia inteiro parado naquela cidade que é pior que o fim do mundo: não tem restaurante, só uma pousada com 3 quartos já lotada e um mecânico no mínimo duvidoso…isso sem contar o calor infernal com um sol de estralar mamona, a fome danada pois preferi alimentar as cachorras com os lanches que tinha levado, sem banho… aff… coisa de filme de terror ou reallity-show de paciência e resistência. Saímos de lá às 19h rumo à São Paulo. Sem dormir, coisa de doido. Chegando em Sampa descobri que o carro estava com vazamento de óleo, com a válvula termostática aberta e vazamento de água… mais mecânica…

2 – descemos para Praia Grande para passar o Natal e o Ano Novo na casa de praia. Cidade abarrotada, mal dava pra andar no calçadão… praia então nem pensar, acho que não tinha um grão de areia livre… Mercado era no mínimo duas horas nas filas… Lan house foram extintas e esqueci meu modem… por isso sumi da web estas duas semanas… Mas valeu a piscina da casa ehehehehe.

3 – Como choveu… aff… mas até que deu pra pegar um bronze de leve…

4 – tive a oportunidade de conhecer pessoas excelentes lá e em Sampa. Algumas da área e outras não, mas todas pessoas de e do bem.

5 – Praia Grande é uma cidade que está ficando estruturalmente cada ano melhor (apesar do povo que desce pra lá). Desta vez me deu vontade de ir morar lá… está crescendo, o mercado imobiliário bombando… quem sabe…

6 – Pra variar fui na Etna… afff… ai meus cartões…

7 – Na volta, um grandtour: Jaguariuna (mãe, pai, irmã, sobrinhos); depois Itu para ver minha amigona Dry Diniz e conhecer sua nova moradia. AMEEEEEEEEEEEEEEIIIIIIIIIII QUERO MORAR LÁ TBM NUM DOS CHALÉS!!! Depois Campinas, Sorocaba e muita chuva na estrada até Londrina…

Mas de uma maneira geral foi muito bom e deu pra descansar e desestressar. Só de passar a virada na beira da praia vendo a queima de fogos (adooooro) e agradecendo a Deus pela vida e pelo ano já valeu todos os transtornos.

Bom é isso.

Este ano vou me agendar melhor e separar um tempo exclusivo para o blog.

Abraços a todos e que 2010 seja iluminado de sucesso para todos vocês.